Restauro

XI Congreso de Conservación y restauración de bienes culturales. Castellón, octubre de 1996.
_
2° ENCORE – Encontro sobre conservação e reabilitação de edifícios. Lisboa, 1994. Vol. 1.

2° ENCORE – Encontro sobre conservação e reabilitação de edifícios. Lisboa, 1994. Vol. 2.

2° Congresso Latino-Americano de Restauração de Metais. Rio de janeiro, julho de 2005.
_

6th International Conference on the Conservation of Earthen Architecture. New México, 1990.
_

13th Triennial meeting Rio de Janeiro. ICOM, September, 2002. Volume 1.

13th Triennial meeting Rio de Janeiro. ICOM, September, 2002. Volume 2.
_
Jornada de Ciências e Conservação de Bens Culturais. Rio de Janeiro: Fundação Casa de Rui Barbosa, 2002.

_
ACERO, Fernando Iglesias. Restauración de fachadas históricas. Escola Sert: Papers Sert 17.
_

AIRES-BARROS, Luís. As rochas dos monumentos portugueses: tipologias e patologias. Vol. 1. Lisboa: Ministério da Cultura, Instituto Português do Património Arquitectónico, 2001.

AIRES-BARROS, Luís. As rochas dos monumentos portugueses: tipologias e patologias. Vol. 2. Lisboa: Ministério da Cultura, Instituto Português do Património Arquitectónico, 2001.

_
BELLANCA, Calogero (ed.). Methodical approach to the restoration of historic architecture. Firenze: Alinea editrice, 2011.
_
BETENCOURT, António. Apontamentos sobre a prática construtiva com o ferro nos séculos XVIII e XIX. Coimbra: e/d/arq, 2001.
_
BRAGA, Márcia (org.). Conservação e restauro: arquitetura brasileira. Rio de Janeiro: Ed. Rio, 2003.
_
CADERNO DE EDUCAÇÃO. Restauração da Igreja de Nossa Senhora do Carmo da Antiga Sé. Rio de Janeiro, 2007.
_
CALAMA, José María; GARCÍA, Amparo Graciani. La restauración decimonónica en España. Sevilla: Universidad de Sevilla, 1998.
_
CAMPANELLA, Christian. Obras de conservação e restauro arquitetónico: condições técnicas especiais. Lisboa: Câmara Municipal de Lisboa, 2003.
_
CÓIAS, Vítor. Reabilitação estrutural de edifícios antigos: alvenaria, madeira: técnicas pouco intrusivas. 2. ed. Lisboa: Argumentum, GECoRPA, 2007.
_
COIGNET, Jean. Arts de bâtir traditionnels: onnaissance et techniques de réhabilitation. èdisu, 1987.
_
CORREIA, Maria Rosa. Oficina de estudos da preservação. Rio de Janeiro: IPHAN-RJ, 2008.
_
DIAS, Maria Cristina Vereza Lodi (org.). Patrimônio azulejar brasileiro: aspectos históricos e de conservação. Brasília: Ministério da Cultura, 2001.
_
DOGLIONI, Francesco. Nel restauro: progetti per le architetture del passato. Venezia: Marsilio Editori, 2008.
_
FEILDEN, Bernard M. Conservation of historic buildings. 3. ed. Architectural press, 2003.
_
FILHO, José La Pastina. Conservação de telhados: manual. Brasília: IPHAN, 2005.
_
FONSECA, Inês. Arquitectura de terra em Avis. Lisboa: Argumentum, 2007.
_
FREITAS, Vasco Peixoto de. Manual de apoio ao projecto de reabilitação de edifícios antigos. Porto: Ordem dos Engenheiros Região Norte, 2012.
_
Fundação Parques e Jardins (org.). Obras de arte em ferro fundido: técnicas de conservação e restauração. 1997.
_
GONÇALVES, Cristiane Souza. Restauração arquitetônica: a experiência do SPHAN em São Paulo, 1937-1975. São Paulo: Annablume; Fapesp, 2007.
_
GONZAGA, Armando Luiz. Madeira: uso e conservação. Brasília: Iphan/Programa Monumenta, 2006. (Cadernos técnicos; 6).
_
GOUVEIA, Antonio Maria Claret. Análise de risco de incêndio em sítios históricos. Brasília: Iphan/Programa Monumenta, 2006. (Cadernos técnicos; 5).
_
GUARDIOLA, M. Garcia Gómez de Terreros; MORENO, Manuel Alcalde. Metodología de estudio de la alteración y conservación de la piedra monumental. Sevilla: Universidad de Sevilla, 2000.
_
HORIE, C. V. Materials for conservation: organic consolidants, adhesives and coatings. London: Butterworth Heinemann, 1987.
_
Instituto Municipal de Arte e Cultura (Rio de Janeiro). Como recuperar, reformar ou construir seu imóvel no corredor cultural. Rio de Janeiro: Prefeitura da cidade do Rio de Janeiro, 2002.
_
INSTITUTO DO PATRIMÔNIO HISTÓRICO E ARTÍSTICO NACIONAL. Igreja Matriz de Santo Antônio, Tiradentes/MG.
_
JOKILEHTO, Jukka. A history of architectural conservation. 1986.
_
KANAN, Maria Isabel. Manual de conservação e intervenção em argamassas e revestimentos à base de cal. Brasília: Iphan/Programa Monumenta, 2008. (Cadernos técnicos; 8).
_
KUMAR, Rakesh; KUMAR, Anuradha V. Biodeterioration of Stone in tropical environments: an overview. The Getty conservation institute, 1999.
_
La Conservación de piedra en monumentos históricos y arqueológicos. Puebla (México), 1991.
_
MARCONI, Paolo. Dal piccolo al grande restauro: colore, struttura, architettura. Venezia: Marsilio Editori, 1988.
_
MARCONI, Paolo. Il restauro e l’architetto: teoria e pratica in due secoli di dibattito. Venezia: Marsilio Editori, 1993.
_
MARCONI, Paolo. Materia e significato: la questione del restauro architettonico. Editori Laterza, 2003.

_
MASCARENHAS, Alexandre Ferreira. Moldes e moldagens: instrumentos de proteção, preservação e perpetuação da obra de Antonio Francisco Lisboa. Tese de Doutorado apresentada à Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte, 2013.
_
MINGUET, Josep Maria (ed.). Rehabilitation residential low cost. Instituto Monsa de Ediciones, 2013.
_
MOTTA, Edson; SALGADO, Maria Luiza Guimarães. Iniciação à pintura. Rio de Janeiro: Editora Nova Fronteira, 1976.
_
NAJJAR, Rosana. Arqueologia histórica: manual. Brasília: IPHAN, 2005.

_
OLIVEIRA, Mário Mendonça de. Tecnologia da conservação e da restauração: materiais e estruturas: um roteiro de estudos. 3. ed. Salvador: EDUFBA, 2006.
_
OLIVEIRA, Mário Mendonça de. A documentação como ferramenta de preservação da memória. Brasília: Iphan/Programa Monumenta, 2008. (Cadernos técnicos; 7).
_
PINHEIRO, Marcos José de Araújo (coord.). Metodologia e tecnologia na área de manutenção e conservação de bens edificados: o caso do núcleo arquitetônico histórico de Manguinhos. Rio de Janeiro, 2009.
_
Plano de reabilitação e ocupação dos imóveis do Estado do Rio de Janeiro na área central da cidade do Rio de Janeiro.
_
PROYECTO PROTERRA. Técnicas mixtas de construción con tierra. 2003.
_
RIBEIRO, Nelson Pôrto. Alvenarias e argamassas: restauração e conservação. Rio de Janeiro: In-Fólio, 2009.
_
RODRIGUES, Delgado; COSTA, D. (ed.). Conservation of granitic rocks. Lisboa: Laboratório Nacional de Engenharia Civil, 1996.
_
ROJAS, Ignacio Garate. Artes de la cal. Madrid: Editorial Munilla-Lería, 2002.
_
SANTIAGO, Cybèle Celestino. Argamassas tradicionais de cal. Salvador: EDUFBA, 2007.
_
SCARZARELLA, Paolo & ZERBINATTI, Marco. Recupero e conservazione dell’edilizia storica. Firenze: Alinea editrice, 2009.
_
SCOTT, David A.; PODANY, Jerry; CONSIDINE, Brian B. (ed.). Ancient e historic metals: conservation and scientific research. The Getty Conservation Institute.
_
SELWITZ, Charles. Epoxy resins in stone conservation. The Getty conservation institute, 1992.
_
TYLER, Norman. Historic preservation: an introdution to its history, principles and practice. New York: London: WW Norton & Company, 2000.
_
WATT, David (ed.). Journal of architectural conservation: historic buildings, monuments, places and landscapes. Donhead, 2001.
_
WILKINSON, Philip. Restoration: discovering britain’s hidden architectural treasures. London: Headline, 2003.
Anúncios