Cidade

ABREU, Maurício de Almeida. Geografia histórica do Rio de Janeiro (1502-1700). Vol. 1 e 2. Rio de Janeiro: Andrea Jakobsson Estúdio & Prefeitura do Município do Rio de Janeiro, 2010.
_
AB’SÁBER, Aziz. Geomorfologia do sítio urbano de São Paulo. Cotia/SP: Ateliê Editorial, 2007.
_
ALEX, Sun. Projeto da praça: convívio e exclusão no espaço público. São Paulo: Editora Senac São Paulo, 2008.
_
ALMANDOZ, Arturo (ed.). Planning Latin American’s capital cities, 1850-1950. London: New York: Routledge, 2010.
_
ANDREATTA, Verena. Cidades quadradas, paraísos circulares: os planos urbanísticos do Rio de Janeiro no Século XIX. Rio de Janeiro: Mauad X, 2006.
_
ANDRADE, Tarcísio Bahia de. Visões sobre a cidade: a Grande Vitória em textos e imagens. Vitória: EDUFES, 2011.
_

ARQUIVO DIGITAL DE CARTOGRAFIA URBANA.

_
ATLAS ANDREATTA. Atlas dos planos urbanísticos do Rio de Janeiro de Beaurepaire-Rohan ao Plano Estratégico.
_
AZEVEDO, Paulo Ormindo; PORTAS, Nuno; CALABI, Donatella; ARAÚJO, Renata; CORREIA, Horta. Salvaguarda Vila Real de Stº. António: núcleo pombalino. Coimbra: e/d/arq, 2005.
_
BIDOU-ZACHARIASEN, Catherine (coord.). De volta a cidade: dos processos de gentrificação às políticas de “revitalização” dos centros urbanos. São Paulo: Annablume, 2006.
_
BUENO, Beatriz Piccolotto Siqueira. Aspectos do mercado imobiliário em perspectiva histórica: São Paulo, 1809-1950. São Paulo: FAUUSP, 2008.
_
BUENO, Beatriz Piccolotto Siqueira. São Paulo: um novo olhar sobre a história. A evolução do comércio de varejo e as transformações da vida urbana. São Paulo: Via das Artes, 2012.
_
CARERI, Francesco. Walkscapes: o caminhar como prática estética. 1ª ed. São Paulo: Editora G. Gili, 2013.
_
CHIAVARI, Maria Pace. Rio de Janeiro: preservação e modernidade. Rio de Janeiro: Sextante, 1998.
_
CORDEIRO, Simone Lucena (org.). Os cortiços de Santa Ifigênia: sanitarismo e urbanização (1893). São Paulo: Imprensa oficial do Estado de São Paulo/Arquivo Público do Estado de São Paulo, 2010.
_
DEL RIO, Vicente. Introdução ao desenho urbano no processo de planejamento. São Paulo: Pini, 1990.
_
DIOGO, Érica (org.). Recuperação de imóveis privados em centros históricos. Brasília: IPHAN, Programa Monumenta, 2009.
_
Disputación Provincial de Granada. Rehabilitación de cascos históricos. Granada: AA.VV., 1988.
_
ELSHESHTAWY, Yasser (ed.). Planning Middle Eastern cities: an urban kaleidoscope in globalizing world. London: New York: Routledge, 2010.
_
FREITAS, José Francisco Bernardino (org.). Diálogos: urbanismobr. Vitória: EDUFES; Niterói: EDUFF, 2010.
_
FRIDMAN, Fania; ABREU, Maurício (org.). Cidades latino-americanas: um debate sobre a formação de núcleos urbanos. Rio de Janeiro: Casa da Palavra, 2010.
_
GHIRARDELLO, Nilson. A formação dos patrimônios religiosos no processo de expansão urbana paulista. São Paulo: Ed. UNESP, 2010.
_
GITAHY, Maria Lúcia Caira & LIRA, José Tavares Correia de (org.). Tempo, cidade e arquitetura. São Paulo: FAU/Annablume/FUPAM, 2007.
_
GOMES, Paulo César da Costa. A condição urbana: ensaios de geopolítica da cidade. 2. ed. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil,2006.
_
HALL, Peter. Cidades do amanhã: uma história intelectual do planejamento e do projeto urbanos no século XX. São Paulo: Perspectiva, 2013.
_
HUYSSEN, Andreas. Present pasts: urban palimpsests and the politics of memory. Stanford University Press, 2003.
_
JUCÁ NETO, Clovis Ramiro; MOURA FILHA, Maria Berthilde (org.). Vilas, cidades e territórios: o Brasil do século XVIII. João Pessoa: UFPB/PPGAU, 2012.
_

LARICE, Michael; MACDONALD, Elizabeth (ed.). The urban design reader. London: New York: Routledge, 2009.

_
LEMOS, Carlos A. C. O Albúm de Afonso: a reforma de São Paulo. São Paulo: Pinacoteca do Estado, 2001.
_
LIMA, Evelyn Furquim Werneck & MALEQUE, Miria Roseira (org.). Cultura, patrimônio e habitação: possibilidades e modelos. Rio de Janeiro: 7letras, 2004.
_
LOBO, Rui. Santa Cruz e a Rua da Sofia: arquitetura e urbanismo no século XVI. Coimbra: e/d/arq, 2006.
_
MAGALHÃES, Andreia. Reabilitação urbana: experiências precursoras em Lisboa. Colecção Expoentes.
_
MARTINS, Clerton (org.). Patrimônio cultural: da memória ao sentido do lugar. São Paulo: Roca, 2006.
_
MOREIRA, Clarissa da Costa. A cidade contemporânea entre a tábula rasa e a preservação: cenários para o porto do Rio de Janeiro. São Paulo: Editora UNESP, 2004.
_
PESSÔA, José & PICCINATO, Giorgio (org.). Atlas de centros históricos do Brasil. Rio de Janeiro: Casa da Palavra, 2007.
_
PESSOTTI, Luciene & RIBEIRO, Nelson Pôrto (org.). A construção da cidade portuguesa na América. Rio de Janeiro: POD editora, 2011.
_
RIBEIRO, Sandra Bernardes. Brasília: memória, cidadania e gestão do patrimônio cultural. São Paulo: Annablume, 2005.
_
RODWELL, Dennis. Conservation and sustainability in historic cities. Blackwell Publishing, 2007.
_
ROCA, Francisco Javier Gallego (ed.). Renovación, restauración y recuperación arquitectónica y urbana en Francia: el caso de París. Espanha: Universidad de Granada, 2001.
_
ROSSI, Aldo. A Arquitetura da Cidade. São Paulo: Martins Fontes, 2001.
_
SALCEDO, Rosío Fernández Baca. A reabilitação da residência nos centros históricos da América Latina: Cusco (Peru) e Ouro Preto (Brasil).  São Paulo: Editora UNESP, 2007.
_
SALGUEIRO, Heliana Angotti (Org.). Cidades capitais do século XIX:racionalidade, cosmopolitismo e transferência de modelos. São Paulo: Editora da Universidade de São Paulo, 2001.
_
SAMPAIO, Consuelo Novais. 50 anos de urbanização: Salvador da Bahia no século XIX. Rio de Janeiro: Versal, 2005.
_
SANGLARD, Gisele; ARAÚJO, Carlos Eduardo Moreira de; SIQUEIRA, José Jorge (org.). História urbana: memória, cultura e sociedade. Rio de Janeiro: Editora FGV, 2013.
_

SHLUGER, Ephim (org.). Cidades em transformação: Rio de Janeiro, Buenos Aires, Cidade do Cabo, Nova York, Londres, Havana. Rio de Janeiro: Edições de Janeiro, 2014.

_

SISSON, Rachel. Espaço e Poder: os três centros do Rio de Janeiro e a chegada da Coroa Portuguesa. Rio de Janeiro: Arco, 2008.

_
SOUZA, Luciene Pessotti & RIBEIRO, Nelson Pôrto (org.). Urbanismo colonial: vilas e cidades de matriz portuguesa. Rio de Janeiro: POD editora, 2009.
_
TEIXEIRA, Manuel C. & VALLA, Margarida. O urbanismo português: séculos XIII-XVIII, Portugal-Brasil. Lisboa: Livros Horizonte, 1999.
_
TEIXEIRA, Manuel C. A forma da cidade de origem portuguesa. São Paulo: Editora Unesp: Imprensa Oficial do Estado de São Paulo, 2012.
_
WEIMER, Günter. Origem e evolução das cidades rio-grandenses. Porto Alegre: Livraria do Arquiteto, 2004.
_
WHEELER, Stephen M. & BEATLEY, Timothy (ed.). The sustainable urban development reader. London: New York: Routledge, 2009.
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s